Remédio e Veneno de Vagninho Matias e Eduardo Costa alcança mais de 500 mil views

Remédio e Veneno de Vagninho Matias e Eduardo Costa alcança mais de 500 mil views

Remédio e Veneno de Vagninho Matias e Eduardo Costa alcança mais de 500 mil views.

Nesta sexta-feira, dia 02 de abril de 2021 o entrevistado do quadro “Direito de Reposta” do Canal Click Jo Ribeiro é o cantor Vagninho Matias, que responderá as curiosidades de seus fãs para a jornalista Jo Ribeiro.

Para Vagninho a música “Beijando” é a paixão da sua vida. Rodou o quase Brasil inteiro e foi com ela que teve a oportunidade de sair também do país, além de ter sido trilha sonora de uma novela fantástica da TV Record.

Remédio e Veneno de Vagninho Matias e Eduardo Costa alcança mais de 500 mil views – Foto Instagram reprodução

Veja também Juliette Freire: fenômeno das redes sociais

Com seu jeito carismático, sorridente e muito gingado Vagninho que se intitula como “o rei da sofrência” respondeu a todos com muito carinho, disse que terá muitas novidades e parcerias com vários outros artistas, pois está lançando agora o segmento “Arrocha Gode” e “Sambanejo”.

Foto Instagram reprodução

Recentemente Vagninho Matias e Eduardo Costa que é uma referência no mundo sertanejo lançaram a música “Remédio e Veneno”. Segundo Vagninho “a música já foi  elaborada por seus compositores como uma música “chiclete.

Remédio e Veneno de Vagninho Matias e Eduardo Costa alcança mais de 500 mil views – Foto Instagram reprodução

Confira também Eric Land lança nesta quarta-feira (31), o clipe de “Esqueceu Foi Porra” com Tarcísio do Acordeon

A música faz tanto sucesso em todas as plataformas digitais que já alcançou meio milhão de views no YouTube.

Remédio e Veneno de Vagninho Matias e Eduardo Costa alcança mais de 500 mil views – Foto Instagram reprodução

Sobre Vagninho Matias

Iniciou a carreira em meados de 1988 e em seu primeiro trabalho teve sua madrinha Eliana de Lima como produtora musical e executiva. Na época era vocalista do Grupo Badabauê que lhe rende frutos até hoje.

Sua música e primeiro sucesso “Luz Neon ” continua sendo muito solicitada em todos os seus shows, além de ser constantemente tocada em rádios.

Ao sair do Grupo Badabauê   Vagninho recebeu um convite para integrar como vocalista o Grupo Soweto, substituindo o Belo.

Remédio e Veneno de Vagninho Matias e Eduardo Costa alcança mais de 500 mil views – Foto Instagram reprodução

Já em 1999 consolidou sua carreira como interprete sendo vocalista na Banda Gamação.

Em 2014 Vagninho Matias alcançou um novo patamar do samba e do pagode. Com seu carisma, simpatia, voz forte e sedutora marcou sucessos com as músicas ” Beijando “, “Tudo Acaba em Perdão”, “Vai Nessa”, entre outras.

Em 2015 com produção musical assinada por Rodriguinho e composições do cantor Thiaguinho lançou a obra “Não Pode Ser Real”, cujo trabalho tem participações de Rodriguinho, Chrigor e BBS.

Já viu Canal Click Jo Ribeiro: Fabio Porchat responde sobre Política, Eventos e Artes

Remédio e Veneno de Vagninho Matias e Eduardo Costa alcança mais de 500 mil views
Remédio e Veneno de Vagninho Matias e Eduardo Costa alcança mais de 500 mil views

Alguns sucessos que o consagraram na década de 90 foram regravados com novos arranjos, entre eles: “Beijando”, “Vai Nessa”, “Luz Neon” (Feat. Rodriguinho) e “Alma Gêmea”

Além disso Vagninho está com força total no mercado fonográfico e em todas as plataformas digitais com os sucessos “E Agora” (Saimon Saz), “Eu não Fiz Nada”, “Aguenta Coração” e juntamente com o Eduardo Costa o mais recentemente sucesso “Remédio e Veneno”.

Remédio e Veneno de Vagninho Matias e Eduardo Costa alcança mais de 500 mil views

Na sua carreira podemos destacar as seguintes participações:

Participação no CD “Sabadão do Gugu”

• Participação do CD ”Tia Doca” – Rio de Janeiro;

• Gravação do CD ”Te Juro” – pela Sun Records – no estúdio Cia dos Técnicos – RJ

• Participação do CD “Melhores do Raça Negra”- Sun Records

• Performance de voz no projeto ” REMIX SAMBA” como intérprete de Alexandre Pires, juntamente com Dodô – Pixote e Gugu Lopes, pelo estúdio Mosh

Fonte Lourdes Castro Jornalista –  W7 Assessoria de Imprensa – Fotos: Divulgação / Arquivo Pessoal