Rose Scalco é a capa da Revista Digital Destaque edição 6

Rose Scalco é a capa da Revista Digital Destaque edição 6

Rose Scalco é a capa da Revista Digital Destaque edição 6.

Nosso destaque é uma mulher linda, forte e com muitos planos, mas que com as adversidades da vida teve que se REINVENTAR. Eu falo sobre a atriz, jornalista e advogada Rose Scalco que possui uma vasta experiência no mundo da moda, teatro e TV. Rose já fez muitas campanhas publicitárias como modelo das agências Ford e Mega Models e foi destaque em várias capas de revistas.

A beleza da atriz e modelo despertou a curiosidade de muitos telespectadores com a abertura da série “Malhação”, sendo inclusive entrevistada pelo Programa “ Vídeo Show” e onde também brilhou como atriz, após ter cursado Tablado/RJ e CAL – Curso de Artes Laranjeiras, obtendo o registro de atriz junto ao SATED/RJ já em 1996. Ela desfrutou de momentos fantásticos na TV participando das séries “Você Decide”, “ A Turma do Didi”, “ Caça-Talentos “ e “Programa da Angélica Especial de Natal”.

Rose Scalco é a capa da Revista Destaque edição 6

Rose Scalco, também fala com muito carinho sobre suas experiências no Teatro, inclusive, em peças infantis vivendo as princesas das Histórias da Disney, no Teatro Princesa Isabel, em Copacabana. Como jornalista foi apresentadora no Programa “ Entrelinhas” e assinava como colunista social na “Revista Diference”.  

Atualmente escreve para o site LIVE NEWS BR sobre as celebridades e faz entrevistas no seu Instagram com artistas renomados e personalidades da mídia e a forma como conduz, o conteúdo de suas entrevistas e a homenagem que faz para cada entrevistado tem agradado ao público.

Como advogada  desde 2003 quando buscou uma carreira mais sólida para sua subsistência atua na área cível, em especial em Direitos Autorais, uso indevido de imagem, marcas junto ao INPI  e, principalmente,  em “Direito de Família”, onde como ativista foi a idealizadora do Movimento “Justiça de Salto Alto – do Despertar à Superação ” em defesa da mulher, da criança e do adolescente  e no combate à violência doméstica.

Rose ainda faz parte da Diretoria da Associação Nacional e Internacional de Imprensa – ANI e faz palestras presenciais e virtuais, como fez recentemente no evento em parceria com a OAB/RJ, no II Curso de Jornalismo Investigativo, onde falou sobre feminicídio e a forma como os crimes são apresentados na mídia por jornalistas e a influência do patriarcado em manchetes. 

À seguir um pequeno bate papo com Rose Scalco.

George Robert’s- Vamos falar do seu lado ativista? Quando surgiu a ideia do

Projeto “Justiça de Salto Alto – Do Despertar à Superação ”?

Rose Scalco – Na época da faculdade, cursando Direito e Comunicação Social, já tinha destaque pela minha personalidade forte e por ser questionadora com as condições em relação aos trabalhos como atriz e modelo. Renunciei a carreira artística e direcionei minha vida para o mundo jurídico porque necessitava defender os direitos de meu filho e vivi na pele as mazelas e as dificuldades da luta, na prática, em nossos Tribunais e, ainda, anteriores à promulgação da Lei Maria da Penha em 2006.

Isso fez toda a diferença na minha carreira.  E desde que me tornei advogada em 2003 atuei  em diversas áreas, mas com ênfase em Direito de Família e em defesa da mulher, inclusive minha monografia foi sobre o tema, ainda que de forma intuitiva e muito antes de saber que precisaria vivenciar tal experiência.

E, por não aceitar como suficiente  a questão técnico-jurídica para os casos de família e de violência doméstica e defender que se faz necessário um olhar diferenciado  para as vítimas, principalmente, mulheres e crianças, que por imposição do Patriarcado, necessitam de um tratamento com atenção peculiar para que suas vozes ecoem e possam lutar por Justiça.

Neste contexto, criei o Movimento “JUSTIÇA DE SALTO ALTO – DO DESPERTAR À SUPERAÇÃO “, atuando no combate à violência doméstica, com orientações do Universo Feminino e entrevistas para esclarecer pontos fundamentais sobre o tema com juízes, médicos, psicólogos, psicanalistas, profissionais de diversos segmentos e, depoimento de vítimas. Explico sobre o feminismo que é a luta pelo grau de igualdade de direitos.

A Missão do DESPERTAR das vítimas e o processo de SUPERAÇÃO é o foco e, principalmente, o fato de que mais do que questões jurídicas, elas necessitam de acolhimento e que suas almas sejam novamente trazidas para o seu eixo, em uma verdadeira RECONSTRUÇÃO.

O SAGRADO FEMININO: O PODER QUE VEM DE DENTRO. É um processo que comparamos às fases da borboleta: a lagarta está no casulo e a força para  libertação vem de dentro para fora e quando ela acha que é o fim, na verdade é o início de tudo, onde se torna uma linda borboleta, no caso mulher, pronta para voar de forma plena, em total liberdade.

Busquei aprimorar meus conhecimentos com muita dedicação a leituras em  outras áreas complementares, como psicologia, psicanálise, área de saúde física e mental, consequências e sequelas da exposição de vítimas ao abuso, no corpo e na mente e a existência de Transtornos e outros males que, muitas vezes,  fazem parte do cenário de violência intrafamiliar, entre eles, o Transtorno de Personalidade Narcisista – TPN, que faço questão de propagar porque acredito que saber sobre o tema torna muitos contextos mais fáceis de se analisar de forma mais acertada e salva vidas.

Eu luto por esta causa nobre  de todos nós! E, com isso, incentivo a Sororidade e contribuo com apoio jurídico e com o despertar de  todas as mulheres para o PODER que possuem  dentro de si mesmas, pois paradoxalmente a chave está nas mãos delas e digo: “Todas as mulheres são incríveis, mas nem todas sabem disso e aí entra a minha missão”.

George Robert’s – Qual é a visão da Rose Scalco advogada em relação a lei brasileira?

Rose Scalco- Nós temos Leis ótimas, inclusive, a Lei Maria da Penha é reconhecida pela ONU como umas das melhores do mundo e a criação das DEAMs e das Varas Especializadas de Violência Doméstica são marcos importantes na proteção da Mulher e na punição dos agressores. Para mim, o problema ainda está na prática, nos efeitos que o Patriarcado provoca ainda na sociedade e nos Tribunais, nestes pontuando casos de violência Institucional que também  combatemos com afinco.

Em entrevistas com Juízes ouvi de profissionais com experiência de mais de 20 anos em Varas Criminais que só passaram a ter um olhar diferenciado quanto a este tipo de violência quando estiveram à frente de uma Vara de Violência Doméstica.

São peculiaridades importantes e, sentimos na prática que fazem a diferença para todos os profissionais envolvidos como advogados, promotores, juízes,  psicólogos, assistentes sociais, entre outros.

Em contrapartida, com a Lei de Alienação Parental, na prática, temos vistos casos  de retirada dos filhos dos braços das mães, com reversões de guardas e questionamos isso e todo o histórico da Lei desde sua criação e lutamos pela revogação da Lei,  inclusive, juízes que são expoentes no tema, como os Drs. Gabriel Pires TJ/SP e  Dr. Romano José Enzweiler – TJ/SC, este tive a honra de entrevistar para o Justiça de Salto Alto e contribuo com esta causa.

Eu costumo dizer: “ Eu não tenho medo da maldade. A maldade é que tem que ter medo de mim. “ E peço a Deus que me capacite sempre para todo dia de manhã, quando eu acordar  a maldade possa reagir: “ Lá vem ela de novo”. E uso esta autossugestão para a luta árdua em defesa de quem precisa ter voz!

George Robert’s – Como é para você ser atriz, jornalista, advogada, mãe e uma mulher que se tornou uma porta voz de uma sociedade?

Rose Scalco – Acredito que todas formem um todo indivisível. E pratico o que defendo: que a mulher pode ser e estar onde quiser,  pois tentam nos enquadrar como se o fato de ter uma aparência e ser sensual te impedisse de ser uma boa mãe ou profissional, por exemplo.

Sempre prezei pelo conteúdo e por  me dedicar a todos os detalhes importantes de cada profissão para que faça o meu melhor. Consigo usar o que aprendi na carreira artística para uma melhor performance nas outras profissões, como oratória, linguagem corporal e postura nas apresentações, virtuais e presenciais. E sei que, em todas as profissões, retiro do meu autoconhecimento, da minha garra, da minha luta e da minha história a paixão em oferecer o meu melhor para a vida das pessoas e isso faz a diferença.

ATRIZ – Renunciei lá atrás para um bem maior e depois ao tentar retomar veio a pandemia. E mais uma vez, queria fazer algo sobre “ gaslighting”, unindo a arte e o jurídico, pois este termo – hoje utilizado para denominar a violência psicológica sutil, onde o abusador mente e distorce fatos, colocando em xeque a memória e a sanidade mental da vítima –  veio do teatro de 1938 e, mais tarde, em 1944, no cinema, no filme “ À meia Luz”, com Ingrid Bergman. E pretendo contribuir fazendo algo do gênero.

APRESENTADORA – Realizo minhas lives e entrevistas buscando contar histórias de vidas diferentes, aflorar as emoções das pessoas, valorizar seus talentos e estimular a ARTE e a CULTURA em nossas vidas. Entrevisto artistas e dou ênfase em suas almas e essências. E levo comigo a frase de Nietzsche: “ A Arte existe para que a realidade não nos destrua “

JORNALISTA – Atualmente escrevo sobre artistas e celebridades no site LIVE NEWS, com a oportunidade, a qual me orgulho,  concedida pelo Dr. Fabiano de Abreu, que dispensa maiores apresentações pelos títulos e inúmeras qualificações que possui e, claro, por ser membro da MENSA – ASSOCIAÇÃO DE PESSOAS MAIS INTELIGENTES DO MUNDO.

Uma honra e uma gratidão imensa! Faço parte da Diretoria da ANI – ASSOCIAÇÃO NACIONAL E INTERNACIONAL DE IMPRENSA, onde atuo efetivamente e tive a oportunidade de ministrar palestras no II Curso de Jornalismo Investigativo, em parceria com a OAB/RJ, com análise voltada para o feminicídio e a forma de cobertura e apresentação dos casos quanto à figura feminina e tentativas de  amenizações quanto ao crime em função do gênero pelos jornais, revistas e demais meios de comunicação.

ADVOGADA – Atuo desde 2003 e além da área destinada ao Direito de Família e em defesa das mulheres e das crianças, também atuo em grandes Operações na esfera Criminal Federal, como também em Direitos Autorais, Marcas, e uso indevido de imagens, principalmente,  de artistas e demais violações de direitos originando ações indenizatórias, entre outras, estando  mais uma vez, atrelada ao mundo artístico.

MÃE – Meus filhos PATRICK, 22 anos e MARJORIE, 7 anos são o melhor de mim e trazem com eles a força motriz que me conduz todos os dias. Os meus únicos tesouros. O restante  podem até me tirar que eu reconstruo quantas vezes forem necessárias.  São fundamentais em todo o contexto e a forma como desenvolvo as minhas profissões, inclusive minha filha criou o neologismo “ PODER/ROSA ou PODERROSA “ dando à mulher o poder  com sua cor favorita, o que demonstra sua interação com o tema. Ambos são os motivos para que eu siga sempre em frente e tenha orgulho da minha história.

Rose Scalco é a capa da Revista Digital Destaque edição 6

George Robert’s – Você se sente realizada? O que ainda falta para você?

Rose Scalco – Sempre temos algo a realizar …falta muita coisa rsrs

Quero usar minhas profissões, as quais obtive com muito esforço e dificuldades, para tocar o coração e a alma das pessoas, fazendo a diferença na vida de cada uma delas. Eu acredito que assim, Deus será meu advogado em qualquer lugar e ainda que a maldade apareça não só não me atingirá como retornará para quem a fez. 

George Robert’s – Deixa uma mensagem para nossos leitores…

Rose Scalco – ACREDITE EM VOCÊ ! SIGA SEU CORAÇÃO! FOQUE EM METAS! RESPEITE A SUA SAÚDE FÍSICA E MENTAL E FUJA DE PESSOAS TÓXICAS, POIS ESTAS TE ROUBAM DOIS TESOUROS PRECIOSOS: SEU TEMPO E SUA ALMA!

INCOMODE e FAÇA!

Acesse o Instagram @scalcorose e @justicadesaltoalto. Em uma entrevista para o programa George Robert’s Talks (Nova York), Rose Scalco fala com muita felicidade e seus planos futuros. Nossa equipe a aplaude de pé e a deseja muito SUCESSO!!! Feliz Dia Internacional para todas as MULHERES!

(Texto e entrevista por George Robert’s – Jornalista e Apresentador / Nova York – USA)

Veja também Claudinho, vocalista do Grupo Negritude Jr festeja aniversário no Bar Brahma com Show do Naninha

Fonte Revista Digital Destaque Assessoria de Imprensa – Fotos: Divulgação/Arquivo Pessoal

1 Comment

Comments are closed.