Carnê da beleza o diferencial da Royal Face

Carnê da beleza o diferencial da Royal Face

Carnê da beleza o diferencial da Royal Face. Dentista democratizou o acesso à harmonização facial e fatura mais de R$100 milhões em um ano.

Mirando em mulheres com menor poder aquisitivo, ela criou o “Carnê da Beleza”, iniciativa simples que ajudou no crescimento da rede.

O ano era 2015 e, a fim de evitar a concorrência, a dentista Andrezza Fusaro enxergou a necessidade de ocupar um imóvel próximo ao seu consultório, na Praça Ruy Barbosa, centro de Curitiba.

Carnê da beleza o diferencial da Royal Face
Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal Instagram

Habilitada a realizar aplicações de toxina botulínica, ela abriu uma pequena clínica de estética no espaço vago.

Estava criada a primeira Royal Face, o embrião de uma rede de franquias. Outro fator importante que a levou a criar a clínica foi sua própria mãe que sonhava em realizar procedimentos, mas as condições financeiras da família pouco permitiam.

Assim, ao observar os desejos da mãe, ela confirmou, mais uma vez, que o atendimento a este público era uma grande oportunidade de negócio.

Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal Instagram
Carnê da beleza o diferencial da Royal Face

A partir daí ela decidiu inovar e democratizar o acesso à beleza, por meio de preços acessíveis – mas sem abrir mão da qualidade dos produtos e do atendimento –, além de condições facilitadas de pagamento.

“No consultório, via a vontade que muitas pessoas – sobretudo as mulheres – tinha de ter suas rugas suavizadas e a pele mais viçosa e elas tinham dificuldade para pagar por isso.

Assim, criei a Royal Face para realizar os sonhos destas pessoas mais maduras que enxergaram que o momento de se cuidar havia chegado”. Mas, Andrezza queria ir além.

“A ideia era ter um ambiente bonito, elegante, onde todos fossem bem atendidos e valorizados.

Precisamos ter em mente que rugas não são apenas fruto da idade avançada, mas sim, muitas vezes, marcas de dor e sofrimento, e quando as tiramos ou suavizamos, estamos tornando as pessoas mais felizes e de bem com a vida.

Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal Instagram
Carnê da beleza o diferencial da Royal Face

Não trabalhamos apenas com a beleza, mas sim com a felicidade e autoestima.”

Carnê da beleza

Outro diferencial da Royal Face é o pagamento facilitado que tanto pode ser via cartão de crédito, em até 12 vezes. ou por meio de um sistema de financiamento próprio, iniciativa pioneira entre as clínicas de estética.

“Meu sogro é dono de uma financeira em Curitiba e pedi ajuda a ele para que pudesse criar o que batizei de ‘Carnê da Beleza’, à época uma inovação no setor e uma exclusividade da Royal Face”.

Assim, por meio do parcelamento em até 24 vezes, tornou-se possível o acesso a procedimentos estéticos antes vistos como inacessíveis.

Veja também Personal Styling: Use a moda a seu favor

“É um privilégio poder facilitar o acesso e fazer parte de um sonho das pessoas, podendo ajudar essas mulheres a se tornarem cada vez mais lindas com um tratamento de excelente qualidade e melhorando a autoestima.”

De Curitiba para o Brasil – Com o sucesso do negócio, em 2018, Andrezza se uniu ao Grupo Up, de São José do Rio Preto (SP), que iniciou o processo de expansão por meio do franchising. E a expansão deu muito certo, já que este mercado tem grande potencial.

Hoje, depois do sonho que começou em Curitiba, a rede já conta com mais de 134 unidades inauguradas em 19 estados brasileiros, com mais de 200 mil procedimentos, beneficiando 100 mil clientes.

A Royal Face encerrou 2021 com o total de 159 unidades inauguradas, num total de mais de 252 comercializadas.

A meta do faturamento anual foi superada, fechando em R$ 150 milhões, com geração de 800 empregos diretos e 4 mil indiretos.

Esses números positivos representam um aumento de 270% de faturamento em relação a 2020.

Até o fim de 2022 a Royal Face pretende chegar a 350 unidades comercializadas, sendo destas 300 inauguradas, com o crescimento orgânico em torno de 211% em faturamento, chegando a mais de R$ 300 milhões.

Carnê da beleza o diferencial da Royal Face

Para isso, a Royal Face planeja investir mais de R$ 35 milhões, gerando mais de 1500 empregos diretos e cerca de 5000 indiretos em todo o País.

E estes bons ventos atingiram todo o setor de Saúde, Beleza e Bem-estar, segundo o mais recente levantamento da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

O segmento faturou cerca de R$ 39 bilhões em 2021, o que representa um crescimento de 11, 2% em relação a 2020.

Já em número de unidades, o segmento chegou a cerca de 30 mil pontos no país o que representa um incremento de 10,5% em comparação com 2020.

A Royal Face oferece mais de 40 tipos de tratamentos faciais e corporais, como toxina botulínica, preenchimento e fios de sustentação, bioestimulador de colágeno, além de microagulhamento, lipo de papada, entre outros com os mais renomados produtos do mercado.

Segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica (Isaps – da sigla em inglês), em 2018 o Brasil concentrou 9,7% de todos

os procedimentos estéticos realizados no mundo, sendo 770 mil não cirúrgicos e 1,5 milhão cirúrgicos. Destes, quase 400 mil foram aplicação de botox e mais de 250 mil de ácido hialurônico.

Além disso, uma pesquisa realizada por uma entidade alemã – na qual foram entrevistados moradores de 22 países – revelou que os brasileiros estão entre os mais vaidosos do mundo.

As mulheres investem 5,3 horas semanais cuidando do bem-estar e aparência.

Já os homens gastam 3,5 horas. Segundo o levantamento, o Brasil perde somente para a Itália, país em que as mulheres passam 6,2 horas por semana cuidando de si.

Fonte DFreire Comunicação e Negócios/Assessoria de Imprensa – Fotos: Divulgação/Arquivo Pessoal

1 Comment

Comments are closed.