Modelo Julia Muniz faz ensaio fotográfico

Modelo Julia Muniz faz ensaio fotográfico

Modelo Julia Muniz faz ensaio fotográfico e comenta sobre futuro da moda na pós-pandemia: “É fascinante a capacidade que a moda tem de se reinventar”.

A capixaba comentou que a diminuição de pessoas envolvidas nos shootings será uma das principais mudanças.

A modelo brasileira Julia Muniz mudou-se para Austrália no início deste ano e foi surpreendida pela pandemia do covid-19.

Todos os seus trabalhos tiveram que ser readaptados ou adiados para garantir a sua maior segurança. Com a aceleração do desconfinamento no país, ela finalmente pode voltar a realizar novos trabalhos, mas ainda com algumas restrições impostas pelo “novo normal”.

A capixaba fez um ensaio fotográfico e comentou sobre o futuro da moda na pós-pandemia.

Júlia acredita que a diminuição do número de pessoas envolvidos nos shootings é uma das principais mudanças.

Confira já Nova campanha da DLK Modas

Modelo Julia Muniz faz ensaio fotográfico



“Já fiz ensaios que tinham de 15 a 20 profissionais envolvidos. No último que fiz, tinha apenas eu e o fotógrafo. A stylist coordenou os figurinos através de videoconferência, eu mesma fiz minha maquiagem e cabelo.

Eu acredito que a realidade dos shootings, até a gente ter uma vacina contra a covid-19, será com o mínimo de pessoas envolvidas”, conta a modelo.

Modelo Julia Muniz faz ensaio fotográfico



Ela também ressalta que os ensaios à distância, que foram uma das principais tendências durante a quarentena, vão seguir após a pandemia,

“É fascinante a capacidade que a moda têm de se reinventar. Nessa pandemia, vimos as marcas e fotógrafos apostando nos ensaios à distância e conseguirem um resultado incrível.

Esse tipo de trabalho foi pensado para esse momento de pandemia, mas pode ser muito útil para a indústria da moda. Não enxergo esses shootings como uma mudança permanente da indústria, vejo mais como nova alternativa”, pontua a capixaba.  

A modelo fez uma reflexão sobre as lições que a pandemia vai trazer para as marcas e também para as consumidoras.

“Historicamente sabemos que pandemias e guerras costumam impactar diretamente a moda.

Modelo Julia Muniz faz ensaio fotográfico

No caso da covid-19, não será diferente. Enxergo que as pessoas vão passar a se preocupar mais com o conforto! Acredito que ‘o menos é mais’ será um dos grandes legados dessa época.

Já as marcas vão passar a investir ainda mais nos seus engajamentos originais, como ecológicos e também sustentáveis; ou sociais, como a representatividade, por exemplo, o feminismo. Acho que essas serão algumas das mudanças” explicou a modelo.

Fonte Black Art Br – Fotos divulgação – Crédito Ariane Bossardi Arquivo Pessoal

Leia também Marília Mendonça quebra o silêncio e confirma fim de namoro

1 Comment

Comments are closed.