Músico santista conquista crítica americana

Músico santista conquista crítica americana

Músico santista conquista crítica americana. Terceiro álbum autoral do baixista brasileiro radicado em NY. Depois de lançar os singles Vital Spark, Creatures of Habit e Black Hole Sun, o baixista de Santos (SP) radicado em NY Marcelo Maccagnan lança Night Tales, seu terceiro álbum autoral.

Músico santista conquista crítica americana
Músico santista conquista crítica americana

O disco, que já está nas plataformas digitais, ganha destaque na imprensa americana, como no site Indie Strong, a revista Lifoti Magazine, Jazz Corner, a revista Bridge Music, entre outros veículos.

Músico santista conquista crítica americana

MÚSICO DE SANTOS RADICADO EM NY LANÇA DISCO  E  GANHA DESTAQUE NA IMPRENSA AMERICANA 

“O álbum Night Tales é inspirado na música progressiva, com ideias baseadas num movimento estético dos anos 90 chamado Vapor Wave”, e também com influências do rock e do jazz, focado no baixo como um instrumento mais na frente, tocando a melodia e harmonia em vários momentos”, define Marcelo.

Músico santista conquista crítica americana

Veja também Em grande estilo, Acadêmicos do Tucuruvi da arrancada no carnaval 2023

Músico santista conquista crítica americana

O repertório é formado por Creatures of Habit featuring Simona Smirnova (Marcelo Maccagnan), Glass (Marcelo Maccagnan), Gungi (Marcelo Maccagnan), Black Hole Sun (Chris Cornell – Soundgarden), Vital Spark (Marcelo Maccagnan) e Breaking Out (Marcelo Maccagnan).

O trabalho de Marcelo tem conquistado o público e a crítica americana. Para a revista Bridge Music, “A musicalidade monstruosa e os vocais perfeitos fazem de “Creature of Habit” uma música fantástica que mistura jazz e rock progressivo. Maccagnan não é apenas um compositor forte, mas também um baixista virtuoso.

Esta é uma música séria criada por profissionais de verdade.” Já na Jazz Corner “uma verdadeira jornada musical com um conceito hipnotizante”

Baixista brasileiro baseado em Nova York, Marcelo Maccagnan tem se estabelecido no cenário musical como líder de seu grupo e como um músico requisitado em vários projetos.

Muito jovem, se mudou para Boston para estudar na “Berklee College of Music” onde teve a chance de tocar com músicos como Kenny Werner e Tigran Hamsyan. Marcelo vem desenvolvendo seu estilo como uma mistura de jazz moderno, música brasileira e rock progressivo, com o foco em manter a improvisação que é central do jazz.

No baixo elétrico, Marcelo foca em expandir a função inicial do instrumento como suporte, criando e tocando harmonias e solos improvisados. Recentemente lançou “Boundless”, seu segundo álbum, com Andrew Cheng na Guitarra e Kelvin Andreas na Bateria, explorando uma mistura de estilos desde sons como Pat Metheny e Donny McCaslin até Radiohead e Mahavishnu Orchestra.

Ficha Técnica:

Guitarras – Andrew Cheng

Teclados – Sukyung Kim

Baixo – Marcelo Maccagnan

Bateria – Maxime Cholley

Voz (somente no Creatures of Habit) – Simona Smirnova

Eng. de Gravação para Vital Spark e Creatures of Habit- Jun Yang Ng

Eng. de Gravação para Glass, Gungi, Black Hole Sun e Breaking Out – Brandon Unpingco

Mixagem: Jun Yang Ng

Masterização: Stephen Pettyjohn

Arte: Felix Pinterits Soundcloud:

Youtube: https://youtu.be/ZlmqnBLW1-U

Fonte Venturini Assessoria de Comunicação Assessoria de Imprensa – Fotos: Divulgação/Arquivo Pessoal

1 Comment

Comments are closed.