Artefacto Rio de Janeiro inaugura Mostra 2022

Artefacto Rio de Janeiro inaugura Mostra 2022

Artefacto Rio de Janeiro inaugura Mostra 2022. Tradicional Mostra Artefacto reúne relevantes nomes da arquitetura em ambientes que abordam a Natureza Modernista. Foto capa Mostra Artefacto Rio de Janeiro – Ana Mafra – Credito MCA Estúdio.

Nossa natureza é Modernista – tanto na arquitetura quanto na interação com o seu entorno.

O DNA da Artefacto também é Modernista. Com 46 anos de história completos este ano, em pleno centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, a Edition 2022 estreia valorizando mais do que nunca essas características: a organicidade e originalidade do desenho, a sofisticação das matérias-primas naturais e a excelência do fatto a mano.

Foi assim que a Artefacto conquistou a liderança no Sul dos Estados Unidos e hoje está presente em projetos de alguns dos arquitetos mais renomados do planeta, como Norman Foster, Bjarke Ingels, Antonio Citterio, Herzog & de Meuron, Renzo Piano e Zaha Hadid.

Do novíssimo Rosewood, novo point paulistano, ao Cipriani Club, em Nova York, além de hotéis de luxo que vão de Jumby Bay Island ao Hotel du Cap-Eden-Roc, no sul da França, nossa marca vai se perpetuando no tempo e no espaço. Convidamos você a conhecer a nova coleção e os espaços assinados por grandes profissionais brasileiros.

Cada qual à sua maneira, eles interpretam o lifestyle Artefacto com soluções inspiradoras que poderiam estar em qualquer lugar do mundo. Bem-vindos à Mostra Artefacto 2022.

MOSTRA ARTEFACTO 2022

Aline Celles, Ana Mafra, Araújo Lohrisch, Aurea Carvalho, Aurora Grei, Andrea Eiras e Carla Napolião, Arq Design Brassaroto, Cecília Leles, Claudia Pimenta e Patrícia Franco, Cristina Côrtes, David Defizio, Elaine Ramos, Juliana Massotti e Melissa Sad.

Também participam Julio Teroni, Lucio Nocito, Marilene Galindo, Natalia Paes de Andrade e Simone Meira, Paola Ribeiro, Regina Távora e Mariana Távora, Rodrigo Jorge Studio, Sergio Rabello, participam desta edição da Mostra Artefacto 2022.

Artefacto Rio de Janeiro inaugura Mostra 2022

Aline Celles (@alinecellesarquiteta) – Fotos: Divulgação/Arquivo Pessoal

Graduada pela Gama Filho e pós graduada na Universidade Veiga de Almeida, a carioca Aline tem certeza que a paixão pela Arquitetura orientou sua escolha.

A profissional já realizou projetos nos segmentos de arquitetura e interiores para obras residenciais e comerciais, que hoje podem ser conferidos no Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina.

Ela não abre mão de elementos personalizados (como tapetes, detalhes de marcenaria e marmorizados), que desenha exclusivamente para seus clientes.

Para a quarta participação na Mostra Artefacto Rio, Aline apresenta um ambiente exclusivo de 95 metros quadrados. “A ideia central foi expor os objetos como obras de arte, com o destaque merecido para cada peça.

Criamos a setorização e disposição dos móveis para despertar a curiosidade de serem observados e provocar o desejo de tê-los”, explica.

Sobre a Artefacto, ela acredita que “os produtos são feitos com extremo critério de qualidade, desde a costura, detalhes de acabamento e de uma forma geral um cuidado garantido com a entrega e o pós-vendas – o que me deixa segura de que estou colocando meus clientes em boas mãos”.

Artefacto Rio de Janeiro inaugura Mostra 2022

Ana Mafra (@aninha_mafra)

Seu fascínio pela beleza alimentava a criatividade que, por sua vez, foi orientando cada vez mais o olhar para o belo.

Assim, a mineira Ana Mafra se deixou levar para a Arquitetura – área em que atua desde 1999. Seus trabalhos em projetos residenciais e de interiores estão no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Amapá e Brumadinho.

Para a sua estreia na Mostra Artefacto Rio, Ana criou uma área externa de 225 metros quadrados, composta por cinco ambientes cercados por jardins: duas varandas laterais, hall de entrada da loja e duas varandas frontais.

“A minha leitura da natureza está na forma como ela cria cenários harmônicos com pouco contraste, apenas por meio da diferença entre tons e texturas”, relata sobre a inspiração para sua criação a partir do tema Natureza Modernista.

Para ela, a Artefacto é “excelência do início do processo de produção dos móveis até pós-vendas.

Design arrojado, diversidade de produtos e acabamentos nobres que possibilitam a personalização de cada projeto.

Todo o processo desde a fabricação, escolha da matéria-prima até o atendimento do cliente feito por uma equipe altamente qualificada garantem um excelente resultado final”.

Araújo Lohrisch (@araujolohrisch_arq)

Emerson Araújo costumava andar pelas ruas prestando muita atenção às construções e peculiaridades urbanas.

A carioca Lenora Lohrisch cursou arquitetura depois de 13 anos trabalhando na área de RH. Juntos há 8 anos, têm projetos no Rio de Janeiro, Búzios, Araras, Guapimirim, São Paulo, Sumaré, São José dos Campos, Belo Horizonte, Alfenas, Lavras e Houston, nos segmentos residencial, interiores e corporativo.

Para a quarta participação na Mostra Artefacto, o escritório projetou um amplo living integrando sala de jantar, estar e um lounge com 80 metros quadrados.

O projeto busca quebrar o tradicional uso de “vasos de plantas” como sendo “a natureza”, trazendo um novo olhar para a integração do ser com o mundo exterior que passa por conexão, saúde física, mental e emocional, vínculo afetivo com o ambiente, relacionamento humano e soluções sustentáveis.

Sobre a Artefacto, eles afirmam: “É uma marca de excelência e qualidade, tanto no produto e em todas as etapas das vendas e pós-

vendas. Além do produto sofisticado e excelente, que está sempre se renovando, a diversidade de linha permite que seja possível mobiliar toda a casa sem que a mesma fique parecendo uma vitrine de loja”.

Aurea Carvalho (@aurea.interiores)

Desde 2010, a carioca Aurea trabalha no segmento de interiores residenciais e, além de sua cidade natal, seus projetos também estão na Flórida (EUA). Para ela, criar uma ressonância entre o ambiente e seus moradores é fundamental, e isso acontece a partir da curadoria realizada para compor os espaços.

Para seu segundo ano consecutivo de participação na Mostra Artefacto Rio, a profissional uniu simetria e equilíbrio, texturas e cores, cultura e movimento em 27 metros quadrados, onde injetou luz, contraste, solidez e conforto.

Do toque do linho, da cambraia, ao rami, por meio dos sofás, almofadas e cortinas, do tapete com sua trama em formato canelado, as cores cruas, ocres, caramelos e areias – tudo remete ao natural. Os móveis mais sinuosos em contraste com o ouro, assim como a luz que incide na casa, ou a iluminação técnica da noite pensada para criar a sensação do pôr do sol: tudo veio da inspiração na Terra, na Natureza Modernista.

Para Aurea, “a Artefacto está permanentemente buscando inovar, mudar, estar a frente e surpreender seus clientes para que possam viver a sensação do lifestyle da marca – que vem crescendo em seu mercado como grife e com total solidez”.

Aurora Grei, Andrea Eiras e Carla Napolião (@andreaeiras.interiordesign / @auroragreiarquitetura / @carlanapoliaoarquitetura)

Cariocas apaixonadas por arte, Aurora e Carla cursaram Arquitetura e Urbanismo, enquanto Andrea se graduou em Design de Interiores. Há mais de duas décadas elas vêm trabalhando nos segmentos de arquitetura e decor, com projetos no Rio de Janeiro, São Paulo, Flórida e Portugal.

Madeira, concreto, metais e rochas naturais são alguns dos elementos estéticos que caracterizam o trabalho do trio – que já participou três vezes da Mostra Artefacto Rio. Para esse espaço de 100 metros quadrados, a ideia foi apresentar o subsolo de uma casa dividido em área de jogos com sinuca, tela de projeção e adega.

“Nosso projeto, além de ter um layout integrado destinado ao lazer, foi pensado com materiais e elementos naturais como pedras, madeiras, ferro e concreto.

Usamos formas simples e geométricas, livres de ornamentações”, revelam. Sobre a Artefacto, vão direto ao ponto: “A marca número um no mercado, Produto da melhor qualidade, com beleza e sofisticação”.

Arq Design Brassaroto (@arqdesignbrassaroto)

Há 32 anos, a Arq Design Brassaroto foi fundada por Claudia. Atuando nos segmentos de design de interiores, arquitetura e engenharia civil, o escritório tem projetos em todo Brasil, mas com foco no Rio de Janeiro e São Paulo, além de Flórida e Califórnia.

Presente na Mostra Artefacto Rio desde 2000, para esse ano, Claudia se inspirou no seu sócio e filho, João Victor, e projetou um loft de 74 metros quadrados com uma composição de espaços únicos, mobiliário selecionado, pedras naturais e cimento queimado. “Desenvolvemos um ambiente amplo com poucos móveis, porém icônicos.

São também poucos objetos, mas todos que lá estão cumprem seu papel de moderno, respeitando o movimento que contava com obras mais críticas em um momento que o mundo passava por transformações tecnológicas”, explicam. Para Claudia, “a Artefacto traz uma solução completa, atualizada com o design dos produtos, ótima qualidade, além de ter uma vasta gama de acabamentos e customizações para um mesmo móvel.

O atendimento é impecável, desde a gentileza nos orçamentos, passando pelo suporte até o pós-vendas”.

Cecília Leles (@lelesarquitetura)

Depois da graduação em Design de Interiores, a mineira Cecília fez pós em Iluminação e, na sequência, formou-se também em Arquitetura. O início da sua trajetória como profissional foi trabalhando com luz, em idos de 2005.

Em 2011, Cecília abriu seu próprio escritório de arquitetura e, desde então, atua no segmento tanto em Minas Gerais quanto no Rio de Janeiro. Para sua primeira participação em uma Mostra Artefacto, ela criou um quarto de casal com estar de 60 metros quadrados.

Inspirada pelo tema da mostra (Natureza Modernista), a Leles apresenta arcos que integram o espaço interno ao externo por meio de um paisagismo vertical. Sobre a Artefacto, ela afirma: “Simplesmente bela e maravilhosa, a melhor empresa de se trabalhar, sem dúvida. Todos os processos da Artefacto são diferenciados, tudo é feito com muito amor, carinho e profissionalismo”.

Claudia Pimenta e Patricia Franco (@claudia_pimenta e @patyfranco72)

Um living para receber. Claudia Pimenta e Patricia Franco criaram um amplo espaço dividido entre estar, TV e gourmet para esta participação na Mostra Artefacto Rio.

Um lugar para conviver com a família, com os amigos e também para curtir a sós. “Nossa inspiração foi um ambiente cosmopolita em uma realidade pós-pandêmica. Nós traduzimos isso por meio do conforto, de modo que a pessoa se sinta em casa – um lugar onde queira estar e conviver. Trouxemos elementos de texturas e cores que abraçam para momentos de proteção e acolhimento.

É também um olhar vanguardista, com formas orgânicas que enaltecem o viver cada momento e todas as suas possibilidades”, revelam. Para as sócias, “a Artefacto está sempre à frente, é referência, pioneira. De 0 a 10, daríamos nota 11 para a Artefacto.

Profissionais qualificados, qualidade de confecção das peças, atendimento impecável. É uma empresa muito forte e única, e isso traz muita segurança para nós, profissionais, e também para os nossos clientes”.

Cristina Côrtes (@cristinacortesarquitetura)

Proporcionar qualidade de vida para as pessoas – esse é o mote que move a carioca Cristina na profissão. A trajetória de 28 anos em Arquitetura conta com projetos no Rio de Janeiro, São Paulo, Maceió e na Flórida, nos segmentos de arquitetura e interiores residenciais, comerciais e corporativos.

Para a nona participação na Mostra Artefacto Rio, a arquiteta criou um loft de 102 metros quadrados, dividido em quarto casal, home office, jantar, varanda e estar com TV. Sua inspiração foi motivada por um ambiente que traduzisse o desejo das pessoas de estabelecerem uma conexão com a natureza em seus espaços domésticos.

“Utilizei um revestimento especial numa grande extensão da parede do espaço e escolhi os móveis da Beach and Country, pois são peças mais orgânicas, muitas das quais elaboradas a partir das fibras naturais”, explica.

Para Cristina, a Artefacto é “uma empresa brasileira que valoriza a qualidade e o design e também valoriza os profissionais que especificam os produtos da marca. Artefacto é sinônimo de segurança, de inovação, de sustentabilidade social e ambiental e de sofisticação”.

David Defizio (@daviddefizio_arquiteto)

Antes mesmo de aprender a ler, David já folheava revistas de arquitetura – assim a escolha da profissão foi algo natural para ele. Logo no primeiro ano de faculdade abriu seu escritório que atua nos segmentos de arquitetura, interiores e construção civil.

Com projetos no Rio, desde a Costa Verde até as Serras, e em Belo Horizonte, São Paulo, João Pessoa e Brasília, alguns elementos são indispensáveis em suas criações – como a madeira, o mármore, as texturas de cimento e o couro. Participando da Mostra Artefacto Rio desde 2017, para essa edição o arquiteto preparou um estar com lounge de 110 metros quadrados. “A luz natural foi nosso ponto de partida. Buscamos, através da janela, explorar a luz lateral, tão favorável à fotografia e ao sentimento de bem-estar. Além disso, as duas árvores que ornamentam o ambiente aproximam o visitante de uma experiência natural e realista”. Sobre a Artefacto, David enfatiza: “A marca é a vanguarda do mobiliário de alto padrão no Brasil e no mundo, com pós-vendas imbatível, melhor padrão de acabamento dos móveis que se produz no país hoje em dia, além de apelo estético apurado e de uma curadoria de acabamentos e texturas que transcendem o habitual”.

Elaine Ramos (@elaineramosarquitetos)

Com seis anos, a paulista Elaine declarou que seria arquiteta. Desde 1998, seu escritório atua nas áreas de arquitetura e design de interiores, com projetos comerciais e residenciais que estão no Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Angola.

A marca registrada do seu trabalho é o flerte com os vocabulários da arquitetura, adicionando elementos do passado em ambientes modernos para que eles contem histórias.

Para a décima quarta participação na Mostra Artefacto Rio, seu escritório projetou um living na vitrine. Inspirações modernistas estão presentes no ambiente com uma parede de azulejos feita por uma artista plástica que remete ao legado do muralista Athos Bulcão.

Além disso, Elaine escolheu móveis específicos a fim de compor o seu ambiente com cores mais claras. Para ela, “móveis Artefacto são irretocáveis em todos os sentidos. Gosto do design, inclusive tenho peças na minha própria casa. Trata-se de uma empresa eficiente, preocupada com excelência em qualidade e um pós-vendas maravilhoso”.

Juliana Massotti e Melissa Sad (@julianamassotti_interiores e @melissa.sad)

O escritório da dupla Juliana Massotti e Melissa Sad completa uma trajetória de 8 anos no atendimento direto aos segmentos comercial e residencial, com diversas obras no eixo Rio de Janeiro, Búzios, Angra dos Reis e São Paulo.

Para a quinta participação na Mostra Artefacto Rio, elas projetaram uma sala de estar e jantar integrada à uma varanda com lounge e bancada multifuncional, totalizando 56 metros quadrados. “Nossa inspiração foi uma deliciosa varanda tropical de um apartamento no Rio de Janeiro.

Utilizamos pedras naturais, mobiliário com formas curvas, linhas leves, tramas vazadas nos tecidos, palha natural nos detalhes e trouxemos o verde da natureza para dentro de casa”, revelam. Sobre a Artefacto, elas afirmam: “É uma empresa ímpar. O pós-vendas é o que nos dá a segurança de que nosso cliente ficará sempre satisfeito. Além da qualidade do produto e design diferenciado, ter uma solução para qualquer necessidade faz da Artefacto uma parceira única”.

Julio Teroni (@arquitetojulioteroni)

Nascido em Vila Velha, Julio acredita que foi o seu amor pela arquitetura que o levou à essa profissão. Trabalhando na área desde 2014, seu escritório tem projetos de arquitetura de interiores em São Paulo, Rio de Janeiro e no Espírito Santo. Para sua estreia na Mostra Artefacto, ele preparou um loft com espaço para leitura e estudos, living e cama com poltrona de apoio.

“O modernismo fala de um homem que tem urgência, pressa e que valoriza a funcionalidade do espaço – essas foram algumas das nossas premissas, prezando sempre pela versatilidade do ambiente, atendendo às diversas necessidades desse homem moderno.

As formas geométricas também são uma característica marcante do modernismo, aqui utilizadas no jogo de luz dos painéis. A forma das mesas ortogonais que se encaixam quando confrontadas com o imprevisível de uma pedra natural também mostra a ordem no caos, a beleza do inesperado”, revela sobre a inspiração para o projeto.

Para ele, “a Artefacto entrega produtos de alta qualidade, design que acompanha as tendências e, tudo isso, sem perder o principal objetivo: o cliente final. A marca tem qualidade, desenho diferenciado e um excelente atendimento”.

Lucio Nocito (@lucionocitoarquitetura)

Seu dom natural para o desenho e para a decoração foi o que motivou Lucio a escolher a profissão na área da Arquitetura. Desde 1998 vem trabalhando no segmento e hoje seu escritório atua em arquitetura e design de interiores com projetos no Rio de Janeiro e São Paulo. Para a sua estreia na Mostra Artefacto Rio, o arquiteto criou um living de 90 metros quadrados, divididos entre de estar, jantar, adega e gourmet.

Um ambiente visualmente integrado, sem barreiras físicas, sofisticado e ao mesmo tempo aconchegante. A Natureza Modernista se encontra na composição do espaço com texturas naturais de linho aplicadas nas paredes e que compõem com a marcenaria de efeito “caixa” que envelopa o living.

As formas curvas estão presentes desde o tapete do estar até as molduras dos espelhos e a própria iluminação criada especialmente para o projeto. Para Lucio, “a Artefacto é uma empresa forte e consolidada, sinônimo de qualidade, design, modernidade e elegância – uma marca elevada a um patamar de destaque no mercado nacional e internacional”.

Marilene Galindo (@marilenegalindo)

A niteroiense Marilene concluiu a graduação em Design de Interiores e começou a trabalhar na área em 2003. Hoje, seu escritório atende aos segmentos residencial, corporativo e médico, com projetos no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Miami e Angola.

Para sua sétima participação na Mostra Artefacto Rio, ela criou um quarto de casal com 75 metros quadrados, composto por dois ambientes levemente divididos por um brise. “Um dos pontos da Natureza Modernista que trouxemos para o projeto foi a presença da luz exterior, retratada através de uma janela falsa com uma cortina de linho branco.

O tapete que reveste todo o ambiente também está dentro dessa atmosfera de elementos naturais, pois a textura dele remete à trama da palha”, explica a profissional.

“Amo o design de cada peça da Artefacto, sempre diferenciado e sofisticado. Isso sem contar o suporte pós-vendas que é excelente, sempre cordiais e buscando o melhor atendimento para nós profissionais e para os clientes também. O grande diferencial da Artefacto, além da sua qualidade, é a possibilidade de personalização de cada produto de acordo com o gosto e a necessidade de cada cliente”.

Natalia Paes de Andrade e Simone Meira (@mpa.arquitetura)

Entender a relação entre a evolução humana com a cidade, conhecer os hábitos de um povo, a transformação dessa cultura e acompanhar todas as mudanças ao longo do tempo no jeito de morar e nos espaços do viver foi o que inspirou as cariocas Natalia e Simone a escolherem a arquitetura.

Atuantes nos segmentos de interiores e construção civil há 35 anos, seus projetos – caracterizados pelo uso de madeira, fibras, estruturas metálicas, vidros e espelhos – se espalham pelo Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Estados Unidos e Portugal.

Participantes da Mostra Artefacto Rio de Janeiro desde 2003, para esse ano as sócias projetaram um ambiente de 66 metros quadrados, composto por cama/dormitório, salas de jantar e estar. Com uma linguagem noir repleta de significados, os móveis são mesmo o grande destaque.

“Para nós, a Artefacto tem uma excelência incomparável em qualidade e apoio pós-vendas – e continua nos trazendo uma linguagem de design elegante e moderno, sempre atemporal, antecipando as tendências de visual e de uso de materiais.

É um orgulho termos e trabalharmos com uma marca brasileira mundialmente famosa pela junção de tantos atributos”, garantem.

Paola Ribeiro (@paolaribeiroarqinteriores)

Ribeiro há 30 anos atua nos segmentos residencial, comercial, hotelaria e corporativo, com projetos desenvolvidos em destinos variados como Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Piauí, Maranhão, Amazonas, Brasília, EUA e Itália.

Com três participações na Mostra Beach & Country e presença cativa em absolutamente todas as edições da Mostra Artefacto Rio, para este ano Paola projetou um espaço ensolarado e marcado pelo uso intenso dos planos de vidro, numa composição de varanda com piscina, espreguiçadeiras e estar outdoor conjugado a uma área coberta por um pergolado que abriga o gourmet – equipado com bancada de churrasqueira, mesa de jantar e living indoor.

As texturas e tons neutros remetem à uma casa de praia e ao conforto dos móveis que despertam a sensação de estar ao ar livre.

“Enxergo a Artefacto como uma empresa de ponta, sempre à frente em termos de design e qualidade, com um pós-vendas sempre muito eficiente. Uma empresa com projeção internacional, sem dúvidas”, finaliza.

Regina Távora e Mariana Távora (@rmtavoraarquitetura)

A arquitetura sempre esteve presente dentro e fora de casa, assim como o amor pela estética, pela arte e pelo belo. Mãe e filha, as cariocas Regina e Mariana são graduadas em Arquitetura e têm uma coleção de projetos concluídos nos segmentos residencial e comercial.

Participando da Mostra Artefacto Rio desde 2018, neste ano elas assinam uma das vitrines da loja com 35 metros quadrados, cuja inspiração é uma sala de convivência na região serrana.

Um ambiente acolhedor, onde o usuário pode relaxar e trazer os amigos para tomar um drink junto à lareira. “Com base no tema da Natureza Modernista, criamos um ambiente orgânico e acolhedor, onde a natureza se faz presente na madeira, na vegetação, nos objetos de barro e também nas curvas do brise ao fundo que nos remete às ondas do mar – ou até mesmo às notas musicais.

Um espaço poético que transmite sensações de prazer”, revelam. Sobre a Artefacto, acreditam que “o grande destaque da marca fica por conta dos estudos de design e desenvolvimento de produtos, mantendo a empresa sempre na liderança de mercado e com a relevância para se tornar influência para a concorrência.

Tanto as linhas de mobiliário quanto as peças de decoração se destacam pelo requinte e acabamentos impecáveis”.

Rodrigo Jorge Studio (@rodrigojorgestudio)

A missão afetiva de mudar vidas por meio dos seus lares e, amplamente, todo o entorno da convivência, levou o engenheiro civil Rodrigo Jorge a trabalhar com Arquitetura e Design de Interiores.

Há 25 anos, o carioca atua nos segmentos residencial, comercial, corporativo e de incorporações. Atualmente, seus projetos estão em Angra dos Reis, Mangaratiba, Teresópolis, Itaipava, Búzios, Volta Redonda, Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis.

Participante da Mostra Artefacto Rio desde 2003, para essa edição Rodrigo criou um espaço de 140 metros quadrados, totalmente inspirado no tema da Natureza Modernista. “Os pilares do movimento Modernista foram utilizados como base para desde a definição do layout até as escolhas dos revestimentos.

Temos um hall de entrada, seguido de dois ambientes de estar, um quarto amplo, sala de jantar, adega e dois banheiros funcionais. Tudo entremeado por jardins e espelho d’água”, explica o profissional. Para Rodrigo Jorge, “a Artefacto não possui concorrentes do mesmo nível no Brasil. Sou parceiro da marca há anos pela qualidade do produto, design das peças e pelo suporte pós-vendas que é impecável”, conclui.

Sergio Paulo Rabello (@sergiopaulorabelloarquitetura)

“Deus! Foi Deus quem me colocou nessa profissão de uma forma muito maravilhosa e inesperada, quando saí da moda e fui para decoração, e sentindo falta de uma parte técnica para eu seguir com os projetos, resolvi me especializar”, relembra Sergio Paulo Rabello. Graduado originalmente em Economia, ele teve que se formar em Arquitetura e Urbanismo quando começou a trabalhar na área, em idos de 1997.

Seus projetos em interiores e arquitetura para prédios, casas e resorts estão espalhados pelo Rio de Janeiro, Vitória, Belo Horizonte, São Paulo, Recife, Orlando, Miami e Nova York, Itália e Dubai. Participante da Mostra Artefacto Rio desde 2002, Sergio desta vez apresenta um espaço de 120 metros quadrados que é sofisticado e contemporâneo.

“Living, jantar e home theater vêm dentro uma proposta industrial, onde o concreto aparente entra como vedete por marcar a era Modernista. Unindo a pedra natural em tamanho mega para a forração de algumas paredes, réguas de concreto aparente e o piso em madeira no padrão espinha-de-peixe me aproximei mais do estilo modernista. Isso é potencializado pelos móveis exclusivos que são lançamentos da Artefacto”, revela. Sobre a Artefacto, ele é só elogios: “Amo a marca em todos os sentidos. Sou 100% Artefacto”.

@artefactooficialbrasil

#ArtefactoNaturezaModernista / #ArtefactoModernista

Serviço

Artefacto

CasaShopping – Av. Ayrton Senna, 2.150 / Bloco K / Rio de Janeiro

Veja também Bianca Colepicolo lança e-book “Turismo Pra Quê?”

Fonte Priscila Morrone/Assessoria de Imprensa – Fotos: Divulgação/Arquivo Pessoal

1 Comment

Comments are closed.