Bioestimuladores de colágeno, os famosos “retardadores de envelhecimento”

Bioestimuladores de colágeno, os famosos “retardadores de envelhecimento”

Bioestimuladores de colágeno, os famosos “retardadores de envelhecimento” Dr Pedro Mancini fala sobre o assunto.

Botox? Fios? Conheça essa nova técnica apresentada em entrevista pelo especialista Pedro Mancini.

Há algum tempo atrás se alguém dissesse que seria possível retardar o envelhecimento com procedimentos avançados e simplificados, nem todo mundo acreditaria.

Veja Bvlgari: 4 relógios indicados para o Grande Prêmio d’Horlogerie de Genève!

Bioestimuladores de colágeno, os famosos "retardadores de envelhecimento"
Bioestimuladores de colágeno, os famosos “retardadores de envelhecimento”

Com os anos a indústria médica da beleza tem evoluído de forma surpreendente, apresentando inovações em procedimentos com resultados inacreditáveis e que cada vez mais simples, prometem menos sofrimento e mais satisfação.

Desde que os bioestimuladores de colágeno viraram tendência, a procura se tornou constante nos consultórios.  Porém, como tudo que se torna destaque, surgiram diversos comentários e rumores em torno do assunto, sem contar os novos produtos que surgem a todo o momento, deixando muita gente na dúvida sobre qual escolher.

Confira também Salvatore Ferragamo é premiada no Berlin Fashion Film Festival

Bioestimuladores de colágeno, os famosos “retardadores de envelhecimento”

Em uma conversa descontraída o Dr. Pedro Mancini, especialista em medicina estética, e um dos melhores na sua área em São Paulo, esclarece alguns pontos sobre bioestimuladores de colágeno, e dá dicas incríveis.

Dr. Pedro Mancini
  • Para começar, por que o colágeno é tão importante?

Colágeno está por toda parte e com o tempo e o envelhecimento, o corpo vai diminuindo sua capacidade natural de fabricar a substância. O colágeno é uma proteína produzida naturalmente pelo organismo, está presente em vários tecidos e ajuda na sustentação da pele, ou seja, mantendo ela firme e com um aspecto saudável.

  • Como o ácido poli-L-lático age?

O ácido poli-L-lático eleva a fabricação de colágeno logo na primeira aplicação, tendo pico de ação por volta de 30 a 60 dias e mantendo a produção da proteína ativa por até um ano.

Além disso, tem efeito tridimensional, o que significa que atua para garantir a firmeza da pele em suas três camadas, melhorando o aspecto como um todo.

Sculptra®, por exemplo, é o primeiro e mais consagrado bioestimulador de colágeno à base de ácido poli-L-lático do mercado da estética, há mais de 15 anos é usado no Brasil com resultados comprovados. Mas o queridinho do momento é o Elleva®, pela sua praticidade e pela quantidade entregue de principio ativo.

Bioestimuladores de colágeno, os famosos “retardadores de envelhecimento”

  • Quantas sessões são necessárias?

A quantidade de sessões vai depender da idade, e grau de flacidez. Em média, recomendamos de duas a cinco aplicações, com intervalo de 30 dias entre elas. Os resultados começam a aparecer após 4 semanas e os ganhos são graduais. Colágeno nunca é de mais!

  • É um procedimento doloroso?

A maioria das pessoas não sentem dor, a recuperação também não é problemática. Nas horas seguintes à sessão pode haver leve sensibilidade no local das injeções quando apalpado, mas comumente não há inchaços e nem hematomas, mas isso também pode variar de pessoa para pessoa. Mas num todo é um procedimento tranquilo com resultados muito satisfatórios.

  • Existem outros tipos de bioestimuladores além do ácido poli-L-lático?

Um outro bioestimulador de colágeno bastante usado é a Hidroxiapatita de Cálcio, que antigamente era utilizado apenas para dar volume em áreas de estruturas ósseas. Há protocolos atuais que permitem utilizar o produto de maneira diluída, que garante à pele mais volume, elasticidade e densidade.

Agora como na música da banda Alphaville jovem para sempre, com tanta tecnologia e avanços com na área estética isso já não é mais um sonho e sim o futuro da beleza.

Fonte Maddeira Comunicação Assessoria de Imprensa – Fotos: Divulgação / Arquivo Pessoal – Instagram


1 Comment

Comments are closed.