Versos Democráticos: Escritora traduz o Golpe do dia 08 de Janeiro em Poesia

Versos Democráticos: Escritora traduz o Golpe do dia 08 de Janeiro em Poesia

Versos Democráticos: Escritora traduz o Golpe do dia 08 de Janeiro em Poesia. Fotos Crédito Iva Santanna – Divulgação/Arquivo Pessoal.

No tecido da história, onde os fios da política e da democracia se entrelaçam, há momentos que transcendem os limites do tempo e ecoam através das gerações.

O dia 08 de janeiro ficou marcado como um divisor de águas, uma página que foi virada com traços de poesia, mas cujo enredo se desenrolou em meio às sombras do golpe.

Versos Democráticos: Escritora traduz o Golpe do dia 08 de Janeiro em Poesia
Versos Democráticos: Escritora traduz o Golpe do dia 08 de Janeiro em Poesia

Nessa encruzilhada entre a caneta e a espada, uma jornalista destemida e uma escritora apaixonada pela palavra encontraram um caminho singular para narrar esse capítulo controverso da história política.

Com a tinta de suas palavras, elas traçaram um retrato poético desse evento, buscando enxergar o que havia além das manchetes e dos discursos oficiais.

A escolha da poesia como veículo para abordar o golpe pode parecer curiosa à primeira vista.

Versos Democráticos: Escritora traduz o Golpe do dia 08 de Janeiro em Poesia

No entanto, é justamente na tessitura dos versos que nuances antes ocultas emergem, como raios de luz atravessando as frestas de uma cortina cerrada.

As entrelinhas dos poemas revelam os sentimentos ambíguos que permearam aquele dia: a angústia da ruptura democrática, o clamor por justiça e a esperança por um futuro onde as vozes do povo seriam novamente ouvidas.

Ao trazer à tona a perspectiva democrática desse golpe, a jornalista e escritora não apenas eternizaram os eventos em letras marcantes, mas também lançaram um desafio aos leitores.

Como folheando um livro de história, convidam-nos a refletir sobre o que significa uma democracia verdadeira e a questionar como os ideais democráticos podem ser desvirtuados em nome de interesses particulares.

Versos Democráticos: Escritora traduz o Golpe do dia 08 de Janeiro em Poesia

Assim, nesse encontro improvável entre a caneta e a resistência, a jornalista e escritora teceram um tapete de palavras onde a luta pela democracia se desenrolou como um poema épico.

E enquanto as gerações futuras pousarem os olhos nessa obra literária, poderão sentir não apenas a pulsação do passado, mas também a inspiração para escreverem os próprios versos na contínua busca por um futuro verdadeiramente democrático.

Versos Democráticos: Escritora traduz o Golpe do dia 08 de Janeiro em Poesia

Livro: Poesias Sob O Meu Olhar

Autora: Jo Ribeiro

Obras Ilustradas : Cassiano Araújo

Fotografias Obras: Iva Santanna

Produção e curadoria: Cassiano Araújo e Iva Santanna

Posfácio: Cesar Romão

Digrafamação: Elabora Midia

Impressão: Gráfica Zero

Aquisição: Livraria da Vila – Shopping JK (Breve E-book)

Valor: R$ 59,90

Confira também Dia da Consciência Negra: Ecos da ”Negritude” Uma Homenagem Poética

Fonte W7 Assessoria de Imprensa – Fotos: Divulgação/Arquivo Pessoal – Iva Santanna