Águas Paulista encanta com fauna diversificada

Águas Paulista encanta com fauna diversificada

Águas Paulista encanta com fauna diversificada. Em plena Serra da Mantiqueira, o Circuito das Águas Paulista guarda uma profusão de áreas verdes, da zona rural aos centros urbanos, além de muitos espaços que preservam a Mata Atlântica e sua rica biodiversidade.

Assim, os nove municípios que compõem o circuito são referência também em ecoturismo, com passeios nos quais é possível aproveitar momentos agradáveis junto à natureza a uma curta distância da cidade de São Paulo.

Águas Paulista encanta com fauna diversificada
Águas Paulista encanta com fauna diversificada

Monte Alegre do Sul, por exemplo, tem mais de 300 espécies de pássaros documentadas. Entre elas, podemos citar a suindara, o urubu-rei, o chocão-carijó, o tangará e muitas outras aves, avistadas principalmente na zona rural da cidade.

Águas Paulista encanta com fauna diversificada

A Pousada da Fazenda tornou-se até um destino turístico em Monte Alegre do Sul por ser um ponto de observação de aves. Ali podem ser vistas 15 espécies diferentes de beija-flores.

Com um clima ameno, Águas de Lindóia está localizada entre unidades de conservação das serras da Mantiqueira e da Cantareira.

O entorno do município guarda áreas de mata nativa, com grande biodiversidade, como a Mata do Brejal e o Morro Pelado. Cerca de 250 espécies de aves podem ser encontradas na região – entre elas, o canário-rasteiro –, além de outros animais, como o sagui-da-serra-escuro.

Conhecida pela profusão de fontes de águas minerais, Lindóia tem vegetação exuberante, cercada pela Serra da Mantiqueira e cortada pelo Rio do Peixe. O entorno do Grande Lago Lindóia é local certo para caminhar, fazer piqueniques e apreciar a fauna local, com destaque para o birdwatching.

Muito mais do que uma cidade histórica, Amparo é conhecida pela natureza exuberante e pelo ecoturismo. Dentro da reserva ecológica Mundão das Trilhas, trechos preservados de mata nativa abrigam animais como quatis e raposas. “É fundamental o desenvolvimento de ações ecológicas”, conta o proprietário, Airton de Toledo, que vai continuar investindo cada vez mais em trilhas e em contato com a natureza. No Parque Ecológico Dr. Paulino Recch, há trilhas e riachos, onde é possível ficar pertinho da natureza.

Em Serra Negra, destaque para o Bioparque da cidade, com um total de 28 hectares. Coberto por uma vegetação exuberante, o local tem uma rica fauna, com macacos-sauá, tatus, maritacas, gaviões e serpentes, entre outras espécies de mamíferos, aves, répteis e anfíbios. Área remanescente de Mata Atlântica em Jaguariúna, a Mata do Celso também abriga diversas espécies de animais, como a jaguatirica, o bugio, o macaco-prego e o tucano.

Veja também 5 hotéis com piscinas incríveis para aproveitar no verão

Águas Paulista encanta com fauna diversificada

Às margens do Rio Jaguari, Pedreira tem belezas naturais e paisagens bucólicas. Destino de aventura e ecoturismo, a cidade possui trilhas para caminhadas e cavalgadas em meio à sua exuberante fauna.

O mesmo pode ser dito de Holambra, cidade conhecida por seus parques e campos floridos. Socorro também atrai turistas de todo o país em busca de muita adrenalina e um contato maior com a natureza. Na cidade é possível apreciar a biodiversidade típica da Mata Atlântica em locais como o Horto Municipal.

Para saber mais sobre o Circuito das Águas Paulista, acesse: www.circuitodasaguaspaulista.sp.gov.br

Fonte Assessoria de Imprensa/Assimptur – Fotos: Divulgação/Arquivo Pessoal