Cacá Garcia conversou com o FFW sobre criar uma marca de moda do zero

Cacá Garcia conversou com o FFW sobre criar uma marca de moda do zero

Cacá Garcia conversou com o FFW sobre criar uma marca de moda do zero. “Quero criar uma ponte sólida para o futuro da Schutz”. LOOKS DA PRIMEIRA COLEÇÃO SCHUTZ. FOTO: NICOLE HEINEGER

Uma das marcas mais bem sucedidas do grupo Arezzo&Co a Schutz, lançou sua primeira coleção de roupas com pompa e circunstância na última terça (12/04).

Cacá Garcia conversou com o FFW sobre criar uma marca de moda do zero
A LOJA DA SCHUTZ NA RUA OSCAR FREIRE, EM SÃO PAULO

O evento aconteceu no Masp, na Avenida Paulista, cartão postal de São Paulo, ao lado do CEO do grupo, Alexandre Birman, a diretora criativa da marca Cacá Garcia recebia cada um dos convidados, além dos principais nomes da indústria da moda e parceiros da marca para brindar a nova fase da Schutz full look.

Cacá Garcia conversou com o FFW sobre criar uma marca de moda do zero

LOOK ESTAMPADO SCHUTZ. FOTO: NICOLE HEINEGER

Sobre Cacá Garcia

Segundo a FFW a designer de 38 anos pode ser um rosto pouco conhecido do grande público mas tem uma trajetória bastante respeitada dentro da indústria, que ela conhece desde a adolescência “desde que me conheço por gente, eu desenhava roupas no meu diário.

Aos 15 anos eu já era camareira no SPFW, achava aquilo o máximo, os desfiles do Reinaldo, da Gloria, admirava muito o que o Paulo Borges tava fazendo. Desde que entrei na faculdade de moda e já fui atrás de trabalho” me conta Caca, em conversa pelo Zoom, do seu home-office, numa quinta-feira, véspera de feriado.

Cacá Garcia conversou com o FFW sobre criar uma marca de moda do zero

Caca começou sua carreira como estagiária na extinta Raia de Goeye, desenhando botões e o interior das calças. Sua experiência na marca a levou à Pelú, marca da qual se tornou sócia e que durou oito anos. Antes de assumir a direção criativa da Schutz, a designer trabalhou ao lado de Cris Barros por nove anos.

“Eu e Cris tivemos uma conexão criativa muito forte, só de se olhar a gente já sabia o que uma e a outra queria ou não”. Em 2021 chegou o convite de Alexandre Birman e de Milena Penteado, diretora executiva do grupo, que significaria um grande passo na carreira da estilista. “Eu saí de uma marca de nicho e tive que mergulhar no universo da cliente Schutz.

Eu já cheguei com o pé na porta, dizendo como eu acreditava que deveria ser a coleção, a loja…” me conta ela, ao mesmo tempo em que tem a plena consciência que seu papel dentro de uma empresa do porte da Schutz não é mudá-la, mas sim criar uma ponte sólida para o futuro da marca.

Quer saber mais sobre a conversa e sobre carreira, processo criativo e o que significa criar uma marca de roupas do zero. Acesse o FFW e confira a entrevista.

Veja também Police atualiza coleção 2022 com 22 novos modelos

Fonte/Texto / MODA / POR AUGUSTO MARIOTTI/ FFW – Assessoria de Imprensa – Fotos: Divulgação/Arquivo Pessoal